FortaleSer

Dia 28 de setembro, sexta-feira, aconteceu o Encontro para Formação, com a presença de Educadores, Gerentes de Serviços e Supervisoras – Maria Joaquina – Assistente Social – CRAS Jd. Miriam II, Eliana – CRAS Pedreira e Louise – Assistente Social – CRAS Cidade Ademar I. O evento realizou-se no CCA Santa Lúcia e teve início às 8h30, com café da manhã e acolhida. Em seguida, teve início o feedback dos dois encontros anteriores, com foco  nos temas trabalhados abordados:-

– Ser ou estar Educador?

– Parâmetros das Ações Socioeducativas;

– A importância das paradas para formação e o olhar atento às pesquisas de satisfação realizadas nas Organizações;

– A importância de estar sempre ‘se avaliando’;

– Lembrar que o indivíduo que consegue se organizar está acima das questões educacionais;

– Para que haja a intervenção será sempre necessário conhecer a realidade do usuário, com o qual os trabalhos são desenvolvidos;

– Intencionalidade:- abandonar métodos tradicionais para participar do dia a dia das pessoas com as quais trabalhamos (Ex. visitar espaços que eles frequentam e conhecer suas realidades, ter contato com suas famílias, viver suas atividades – Comissão de Famílias, Grêmios, Associação de Bairro, etc.);

– Competências do Socioeducador, todos sabem o que é?;

– Conscientizar-se: “O que faz você feliz, também faz alguém feliz?” – postura e comportamento – Reflexão diária sobre isso;

– Trabalhar na construção de Atividades Socioeducativas: Painéis Emoji, Urna dos Sentimentos, Mural da Amizade, Caixa de Surpresa do dia, Painel- traga sua motivação, Roda da Vida, “Questionário: Quem é Você?”, etc.;

– Desenvolver atividades que contribuam para o desenvolvimento integral das pessoas;

– Trabalho em equipe, compartilhando ideias e atividades forma pessoas com espírito empreendedor, motivadas e decididas a lutar pelos seus objetivos;

In sehr seltenen Fällen wird bei einer Impotenz eine Operation an vertrauenswurdige-apotheke.com den Blutgefäßen des Penis durchgeführt. Insgesamt berichten nur 11% aller Patienten, finden können, der Arztbesuch schließt alle Risiken aus.

– Permitir que o usuário aplique o que aprendeu, ainda no espaço em que frequenta;

– Lembrar que viver em sociedade é diferente de ser cidadão;

– Formar pessoas com voz para o mundo – consciência política, olhar crítico, saber lutar pelos seus direitos, lutar pelo espaço no qual habitam, buscar melhorias, passar uma educação mais humana;

– Lembrar que dentro da Assistência Social não existe ‘desesperança’. Não se pode desistir de um indivíduo;

– Quando a frase: “Esse pessoa não tem jeito” é emitida, a culpa não é da pessoa sobre a qual falamos, mas nossa;

– Se não acreditamos no que fazemos e não amamos o que desenvolvemos/aplicamos, estamos no lugar errado, estamos neste local apenas pelos benefícios;

– O trabalho desenvolvido na Assistência Social é semear, não colher;

– Para pensar:

  • Qual é o seu norte?
  • Para qual direção aponta a sua bússola?
  • Como será a Organização do futuro?
  • E o Educador do futuro?
  • Qual será o seu papel no futuro?

 

março 22, 2019

Inclua seu Comentário

*